"Há alturas em que não há ninguém lá para nos mandar falar baixo...
muito, muito baixinho. Há alturas em que precisamos de silêncio quando estamos
sozinhos. Tal como eu, neste momento. Chiu!"

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013


(Em relação a um post que eu vi num blog…)
Quando eu quero muito uma coisa (e isso só depende de mim) arranjo sempre forma de conseguir. Por exemplo, se eu quero dizer algo a alguém, arranjo formas, arranjo oportunidades de o dizer. Talvez seja por isso que eu me desiludo tantas vezes…penso que a maioria das pessoas assim o é, mas a realidade é que são ínfimas as pessoas que o conseguem fazer. Penso que se alguém quer falar comigo, estar comigo, independentemente de tudo, vai arranjar forma e ocasião de o fazer. A verdade é que não é assim! Quem me conhece, sabe que tenho uma personalidade muito forte e, talvez, seja por isso que quero dar a volta a todos os meus problemas. Transpondo este ‘problema’ para o campo das relações…se algo não resultar, eu sei que fiz e dei o meu máximo, portanto nunca irei ficar com dúvidas por esclarecer, nem com oportunidades desperdiçadas.

1 comentário: