"Há alturas em que não há ninguém lá para nos mandar falar baixo...
muito, muito baixinho. Há alturas em que precisamos de silêncio quando estamos
sozinhos. Tal como eu, neste momento. Chiu!"

sábado, 23 de março de 2013

 
Apesar de eu e o J. sermos grandes amigos, não costumamos andar aos beijinhos e aos abraços, não somos de grandes demonstrações de afecto…mas quando regressar vou-lhe dar um daqueles abraços que o vai sufocar. Tenho tantas saudades daquele parvo! Espero que esta seja uma daquelas amizades que se constroem no secundário e se prolongam para o resto da vida (apesar de ter de comprar uma boa dose de paciência para o aturar :p).
Vou- te bater quando regressares!

3 comentários: