"Há alturas em que não há ninguém lá para nos mandar falar baixo...
muito, muito baixinho. Há alturas em que precisamos de silêncio quando estamos
sozinhos. Tal como eu, neste momento. Chiu!"

quinta-feira, 20 de junho de 2013

(Eu tinha de dizer isto!)

Hoje fiz o meu último exame! Posso ter de ir à segunda fase, mas por agora estou de férias... Que sensação de liberdade! :D Boa sorte a quem vai ter exame amanhã, pensem que depois entram de férias, pode ser que ajude.

terça-feira, 11 de junho de 2013

 
Nada melhor do que estar a estudar e esta prendinha chegar cá a casa. Alguém tem algum?

segunda-feira, 10 de junho de 2013

 
Hoje os meus pais foram a Santarém e deixaram me em casa para 'estudar' (sim, porque não estudei nada). Para me compensarem resolveram trazer me um balão de presente...acho que ainda não perceberam que já não tenho 5 anos. Ah, e que fique registado...desde pequenina que tenho medo de balões! Mas onde é que eles tinham a cabeça?

domingo, 9 de junho de 2013

Querida turma,


já passaram 2 anos, no entanto parece que foi ontem que nos vimos pela primeira vez e que a pergunta 'Quem é aquele/a?' era a que mais se ouvia na sala que agora guarda tantas recordações e segredos. Com o tempo, os sorrisos tímidos passaram a gargalhadas, as conversas de 2 minutos, passaram a conversas que nunca mais têm fim e os segredos de cada um passaram a ser chamados de 'os nossos segredos'.
Deixámos de ser os meninos ingénuos de 14 anos que entraram para o liceu cheio de sonhos e ambições e passámos a ser adolescentes de 16 e 17 anos cheios de desilusões e alegrias, cheios de histórias para contar e com energia suficiente para percorrer o mundo de alto a baixo sempre com um sorriso no rosto. Brigámos uns com os outros, tivemos dias menos bons e outros péssimos, por vezes deixámos de ter paciência uns para os outros, mas em todas as trapalhadas permanecemos juntos como turma. Apesar de todos os defeitos que temos, e dos muitos que certamente estão por descobrir, sempre nos apoiámos, sempre aparámos as quedas uns dos outros e tentámos melhorar as asneiras que tinham sido feitas. Demos gargalhas e mais gargalhas juntos, chorámos de tanto rir, fizemos asneiras das quais nos orgulhamos e outras que nem tanto, mas também limpámos as lágrimas uns dos outros, também nos abraçámos para calar um soluço e desabafámos horas a fim para chegarmos sempre à conclusão que ainda tínhamos a vida toda pela frente.
Obrigada por tudo! Obrigada por todos os momentos e por me terem feito crescer da maneira mais saudável de todas. Obrigada por todas as parvoíces e por me terem irritado nos momentos em que parecia impossível a minha fúria crescer ainda mais. Obrigada, antes de qualquer outra coisa, por me permitirem sentir em casa, em família...
Vivemos a mesma história, por isso todos nós temos um pedacinho de cada um e cabe a nós preservá-lo. Cabe a nós manter intactas todas as recordações e partilhar novas aventuras. Podemo-nos afastar, podemos seguir caminhos totalmente diferentes, mas de uma coisa eu tenho a certeza...quando nos virmos vamos sorrir uns para os outros, vamos ter a certeza que temos ali um amigo para a vida, vamos ser o que sempre fomos e quando tivemos de partilhar o silêncio...tenho a certeza que este nunca nos vai incomodar!

Com amor e saudades meus pategos*,
Catarina

sábado, 8 de junho de 2013

Conversas estúpidas...#2

 
(Durante um debate de inglês)

J- Por exemplo, para que serve geologia para Medicina?
F- Se alguém tiver pedras nos rins deve ajudar...

Já é hábito...

 
acordar cheia de dores de costas e de cabeça. Principalmente nas alturas em que ando mais enervada...

sexta-feira, 7 de junho de 2013

 
Vou só fingir que não tenho 10 livros, 2 dossiers e um molho de folhas à minha frente para estudar para 2 exames. Começo mesmo a achar que não vou conseguir. Por favor, ajudem-me...preciso de dicas para estudar! Os nervos já estão a começar a falar mais alto e ainda falta uma semana.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

 
L- Tu jogas bem...eu gosto de te ver jogar! Podes perfeitamente jogar em qualquer equipa.
Eu- Fiquei um bocado medrosa desde que fiquei meio inconsciente no chão. Tenho noção que não jogo nem metade do que jogava antes, mas agora também quase que não tenho treinos.
L- Se treinares mais evoluis bastante, acredita... Dá para ver que tens raça, que tens cabecinha a jogar e o mais importante de tudo, gostas do que fazes!

(Isto deixa qualquer jogador com o ego bem alto!)

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Eu em modo maquiavélica...


 
Hoje passei por uma sala e vi que tinham a chave do lado de fora da sala...e também vi que era o meu professor de filosofia que la estava (logo quem!)...e é claro que acabaram por ficar trancados lá dentro. Não podia acabar o ano sem me vingar do 16 que me deu no trabalho!

terça-feira, 4 de junho de 2013


Tenho amigos que parece que acabaram de sair de uma capa de revista. São bonitos, queridos, charmosos e cheirosos como tudo!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

 
Estava mesmo a precisar de uma tarde como esta...deu para descontrair, divertir me e tirar, por momentos, o 'peso' que tenho sobre os ombros. O início das férias (não vamos falar em exames) já começa a surtir efeito!
 
Quando dividir casa com alguém quero acordar tão feliz por estar ao lado dessa pessoa, ao ponto de ter vontade de fazer lutas de almofadas todas as manhãs!

domingo, 2 de junho de 2013

No jantar de ontem...


(sento-me e recebo uma mensagem)
F- Estás bem? Não querias vir aos anos...Mudaste de ideias?! Estou chocado!
C- Ele é um dos meus melhores amigos, não podia deixar de vir...alem disso, ele ia ficar magoado.
F- Mas olha...hoje vens bastante gata! Miau!! Devias aproveitar...
C- Ahahah sabes que quero estar sozinha! Oh, eu pensava que era sempre uma gatinha!
F- Hoje estás mais...é a primeira vez que te vejo tão feminina. E estás diferente...tens cor! Falando apenas como amigo, estás a ficar uma rapariga muito bonita. O rapaz com quem ficares vai ser um sortudo!


sábado, 1 de junho de 2013

 
As melhores relações têm como base a amizade, mas todos sabemos o quão complicado é transformar uma amizade em amor e os estragos que isso pode trazer.