"Há alturas em que não há ninguém lá para nos mandar falar baixo...
muito, muito baixinho. Há alturas em que precisamos de silêncio quando estamos
sozinhos. Tal como eu, neste momento. Chiu!"

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Não P., estás enganado!

 
(...)
P- Estou a perceber, mas a culpa também é tua.
Eu- A culpa é minha porquê?
P- Primeiro tu és uma 'espécie' de rapariga que atrai os rapazes em geral (...)
Eu- Porque dizes que sou uma 'espécie' que atrai rapazes? (...)
P- Então não sei Catarina... Respondendo à pergunta...depende do rapaz claro, mas geralmente os rapazes gostam de raparigas com quem se sentem à vontade de falar de tudo e o resto característica pessoais.
Eu- Características pessoais...hum! Pelos vistos não é assim tão mau ser mal-humorada.

Não P., estás enganado... Eu não sou o tipo de rapariga que atrai os rapazes em geral, sou o tipo de rapariga que se torna uma grande amiga, senão mesmo a melhor amiga! Que tem amizades fortes demais para se tornarem num relacionamento, porque se correr mal muito provavelmente a amizade vai acabar por desaparecer...

8 comentários:

  1. Porra, cada vez mais gosto da forma como escreves! ;)

    ResponderEliminar
  2. R: Não parva, estou a falar bem a sério :)

    ResponderEliminar
  3. Percebo, acho que também sou um pouco esse tipo de rapariga ( de grande amiga) mas no meu caso correu bem visto que já namoro há ano e meio com o meu melhor amigo :P

    ResponderEliminar
  4. concordo! :)

    R: a sério? onde a compraste? :p

    ResponderEliminar